Folding@Home

Protein FoldingDesenvolvido pela Stanford University, Califórnia, o projecto Folding@Home visa encontrar soluções para as doenças que actualmente afectam a nossa população, tais como a doença das vacas loucas (BSE), Parkinson, Alzheimer e várias formas de cancro/síndromes relacionadas com o cancro, entre outras.

O método é extremamente simples, basta pensar um bocado: um supercomputador possui cerca de algumas centenas de processadores; o mundo por sua vez, possui centenas de milhões de processadores espalhados pelos quatro continentes. Nos computadores de hoje em dia, dificilmente utiliza-se o processador a 100% em todos os instantes, pelo menos para o utilizador comum, e é disso que o projecto tira partido: essa percentagem do processador que não é utilizada enquanto estamos a trabalhar, a navegar na internet, o que quer que seja, é utilizada para efectuar cálculos de simulação de proteínas através de computação distribuída, criando um “supercomputador“. Saber como as proteínas se comportam em determinados ambientes dá aos investigadores da Stanford University os dados necessários para que consigam desenvolver mais rapidamente curas para essas doenças.

Para contribuir basta instalar um leve software cliente no computador que fica a correr no background, ocupando somente a percentagem do processador que não estiver a ser utilizada em cada instante. Os clientes estão disponíveis para Linux, Windows e Mac OS X, e o método de instalação é bastante simples:

  • Fazer o download do cliente;
  • Guardá-lo numa pasta fixa;
  • Correr e configurar conforme pretendido.

Com uma diferença ou outra nas opções de cada SO a instalação é bastante idêntica, porém os clientes gráficos só estão disponíveis para Mac OS X e Windows. Há que ter em atenção que o cliente gráfico do Windows não pode ser utilizado juntamente com outra aplicação que faça uso do OpenGL (jogos p.e.), visto que o Windows permite apenas que um programa acesse o mesmo. Para esses utilizadores recomenda-se a versão de consola que além de mais leve, permite que as aplicações sejam executadas sem nenhum problema.

Portugal está actualmente no ranking nº 31 mundial e para contribuir basta na hora de configurar o seu cliente fornecer o número de equipa 35271 e estará imediatamente a contribuir para que todo o seu desenvolvimento ajude Portugal a subir.

O curso no qual estou actualmente decidiu também (a partir do dia 10 de dezembro) contribuir com a criação de uma sub-equipa, tirando partido da quantidade de computadores que diariamente ficam ligados, sem tirar completo partido da capacidade de processamento dos mesmos. Caso queiram participar na sub-equipa basta referir na configuração do programa o username lei.uminho.

Se quiserem verificar alguns dos prémios e/ou projectos concluídos, basta verificarem na página oficial do projecto.

Links:

Folding@Home – Página oficial do projecto

Folding@Home – Prémios

Folding@Home – Resultados

Folding@Home – Download

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: