Neverball

neverball

Hoje deixo-vos aqui uma sugestão para matarem o tempo naqueles momentos em que não há nada (de melhor) para se fazer, ou simplesmente para fazer uma pausa no trabalho.

O jogo que vos aconselho é o neverball, um jogo simplesmente viciante em que o objectivo é controlar uma pequena bola através de um mapa até ao ponto de saída do mapa, apanhando moedas pelo caminho havendo ainda um tempo limite para terminar o nível. Mas o que torna este jogo diferente e original é que não se controla directamente a bola, mas sim a próprio terreno de jogo, sendo a gravidade a responsável pelo movimento da bola, o que torna o jogo muito mais interessante.

De salientar ainda que o neverball se encontra disponivel para windows, linux e mac osx, é gratuito e é possivel descarregar dezenas de novos mapas, bem como desenhar os proprios mapas.

Anúncios

Programando Backups com Cobian Backup

Quem é que nunca viu um disco rígido dar o berro, assim sem mais nem menos? E aquelas quantidades massivas de fotos e documentos irrecuperáveis, e agora?

Há muito tempo tenho andado atrás de um aplicativo que me correspondesse aos seguintes requesitos:

  • Poder fazer backup de ficheiros
  • Programar backups
  • Poder fazer backups a partir de outro computador da rede

Eu sei, provavelmente há infinitas opções à escolha, mas por um motivo ou outro acabei por reduzi-las todas a este programa: Cobian Backup.

Podendo definir vários backups diferentes (todos com opções únicas) é uma aplicação que deveria ser obrigatória para todos aqueles que gostam de preservar seus documentos, músicas, fotos, etc.

A diversidade de opções é enorme, pode-se pedir para que seja enviado um e-mail (utilizando smtp) caso haja erros, ou mesmo cada vez que for efectuado um backup, interage com FTP, pode ser utilizada encriptação para uma maior segurança das suas cópias, compressão para poupar espaço em disco,  pode-se até filtrar as pastas que se deseje fazer a cópia para copiar apenas as extensões de ficheiro desejadas.

Apesar de todas essas possibilidades há o senão: só há uma versão Windows do programa, e a mais nova versão (versão Amanita) deixou de ser Open Source, apesar das versões anteriores continuarem disponíveis na página do projecto no SourceForge.net. O programa foi escrito em Delphi/Kylix, assim sendo só funciona mesmo em plataformas Windows 32bits desde o 95 até a espécie de SO.

A todos que gostem de ter os seus backups organizados e feitos a tempo, é uma ferramenta que aconselho vivamente.

Página do projecto

Download (Versão 9 Amanita) (Aprox. 9.1MB) (Freeware)

Download (Versão 8 Black Moon) (Aprox. 8.1MB) (Freeware & Open Source)

Sincronizando Windows Mobile no Mac – MissingSync

É aquele problema de sempre, arranjar equivalentes do programas feitos pra Windows nos sistemas operativos de verdade. Sincronizar o PDA com o Mac era um desses problemas que agora já está resolvido, e funciona bastante melhor do que o ActiveSync disponibilizado junto com o aparelho, chama-se MissingSync.

Sincroniza desde contactos, calendários, sms até música, vídeo e fotos. Permite agendar lembretes periódicos para novas sincronizações e instalar aplicações. A ligação pode ser feita pela rede, bluetooth ou USB… Enfim, faz tudo o que o seu equivalente “oficial” faz, mas melhor. Tem um custo associado de 39.95 dólares americanos e é uma aplicação bastante útil.

Screenshots:

Windows XP SP3 – A reparação.

Depois de ter tido uma surpresa após instalar o service pack 3 do XP, lá fui à procura de uma solução no nosso amigo Google.

Solução essa que que acabei por encontrar aqui.

Por algum motivo é preciso restaurar o ficheiro GDI32.dll, substituindo o que está na pasta do sistema pelo que está na pasta do service pack, para isso basta fazer os seguintes passos:

  • Fazer boot com o CD do Windows ou BartPE;
  • Quando aparecer o menu, prima a tecla “R” para abrir a consola de reparação;
  • Escolher a instalação do Windows a reparar, normalmente a opção “1”;
  • Inserir a password de administrador se necessário;
  • Primeiro faz-se backup do ficheiro que está na pasta do sistema:

REN C:\Windows\System32\GDI32.dll C:\Windows\System32\GDI32.dll.orig

Se necessário substituir “C” pela letra da drive correspondente;

  • Agora basta copiar o ficheiro que está na pasta do service pack para a pasta do sistema:

copy C:\Windows\ServicePackFiles\i386\GDI32.dll C:\Windows\System32\GDI32.dll

Mais uma vez, susbstituir “C” com a letra que corresponder;

  • Reiniciar o computador;

Se correr tudo bem o sistema pelo qual as pessoas pagam para ter estará reparado após ter instalado uma actualização fornecida pela própria empresa 🙂 coisa engraçada, não?

Não odeiam a interface do Windows Mobile?

Seja ela a versão que for, a interacção do Windows Mobile com o utilizador com o passar do tempo torna-se desgastante, sempre a exigir a utilização da stylus para toda e qualquer tarefa, nem que seja ler uma simples sms, o que faz com que se procurem novas interfaces.

Ora bem, uns senhores da Flick Software (não confundir com o Flickr) estão a desenvolver não só uma skin para o Windows Mobile, mas também um suporte a todas as funcionalidades do – quase – sistema operativo. Tudo baseado – como não podia deixar de ser – na interface do iPhone.

Não que ache que o aparelho seja tão bom, que em termos de especificações (pralém do acelerómetro e do multi-touch) não é nada de especial (pralém do facto de curar doenças), mas a interface é mesmo qualquer coisa especial.

Ainda não há versão para download e vai estar disponível apenas para cerca de 2000 pessoas que pediram para se inscrever na fase de testes do programa (2000 dos quais eu – acho eu, eu lá enviei o mail – faço parte) que vai começar agora no início deste mês. Esperamos futuros desenvolvimentos do programa, e mal me chegue às mãos (se chegar) digo por aqui qualquer coisa.

Página do projecto.

Ficam aqui com um vídeo do bicho a funcionar:

Windows XP SP3 – O antes e depois.

Porque não só de OS X e Linux vive uma pessoa, venho-vos falar da experiência que tive ao instalar o terceiro service pack dos nossos amigos da Redmond.

Sim senhor, pack de ~315MB, é um “major update”, deve justificar…Sim senhor, instalar, faça backup dos seus dados porque apesar de uma actualização oficial não nos responsabilizamos caso o seu sistema vá co caralho inferno… Reboot…Ok, done.

É, não notei diferença nenhuma, desculpem-me. Para um sistema que é actualizado sei lá bem de quanto em quanto tempo deveria ter visto alguma mudança significativa a qualquer nível, estabilidade, rapidez… Mas zero, nicles, keine, null, nothing at all, necas de pitibiriba, porcaria nenhuma, NADA! O meu sistema ficou exactamente igual, a não ser pelos MB que isto me ocupou… Excepto…

Pois é, uma BSOD.

Obrigado Microsoft, por ocupar estupidamente MUITO necessariamente o meu espaço em disco com… alguma coisa. Afinal um disco vazio é um disco triste. E obrigado pela BSOD, é sempre bom ter uma desculpa para (re)instalar o vosso sistema fresquinho.

Roboparty & Microsoft Robotics Studio

hpim0055.jpgNo passado dia 15, sábado, comparecemos no campus de Azurém da Universidade do Minho nas palestras dadas pelos oradores Zhou Changjiu, director do Centro de Robótica Avançada e Controlo Inteligente (ARICC) no Politécnico de Singapura, e Martin Calsyn, que trabalha no departamento de investigação da Microsoft em Cambridge no contexto da RoboParty 2008, evento voltado para a aprendizagem em áreas de electrónica, mecânica, programação, todos os elementos para que se consiga criar em condições um robô minimamente funcional.

RoboParty 2008Ambos falaram na sua maior parte do tempo no Microsoft Robotics Studio, programa que pode ser sacado “à borlix” do site do projecto. Todo o código-fonte do programa está também disponível para download, tudo sem nenhum custo adicional (os oradores fizeram bastante questão em frizar a parte do “FREE“). Como nada é dado, o programa só pode ser utilizado para fins pessoais, a partir do momento que se utiliza o programa para ganhar dinheiro é necessário pagar os royalties à Microsoft, que são cerca de 299 USD.

RoboParty 2008O que o programa oferece é uma maneira mais acessível de criar aplicações que interajam com dispositivos robóticos (não necessariamente robôs humanóides ou veículos telecomandados), o que faz com que o programa seja bastante flexível e compatível com uma enorme gama de hardware. É programável em basicamente todas as linguagens compatíveis com .Net, como C#, C++, VB, Lisp e afins.

RoboParty 2008Ambos os oradores fizeram demonstrações muito interessantes, tanto a nível de simulações (utilizando o motor AGEIA PhysX, que funcionaram aquém do esperado, fazendo por exemplo que os robôs que iriam jogar futebol andassem às rodas por não encontrar a bola ou os lutadores de sumo fossem cada um para o seu canto, perdendo os dois o combate), quanto a nível de controlo dos robôs reais em tempo real, mostrando a potencialidade do programa, e a expansibilidade deste para outros tipos de hardware.

Screenshots da aplicação:
(clique na imagem para ampliar)

Microsoft Robotics Studio Microsoft Robotics StudioMicrosoft Robotics Studio

Dr. Zhou Changjiu

Martin Calsyn @ MSDN Blogs

Download do Microsoft Robotics Studio (Aprox. 87.5 MB)