DNS – Como é feita a tradução de um hostname em um IP

Neste post irei explicar de forma simplista o processo feito pelo DNS na tradução de um endereço no respectivo IP.

Consideremos por exemplo que queremos através do nosso browser visualizar a página hospedada em http://www.teste.com. Ao introduzirmos o endereço no nosso browser o que vai acontecer é que a nossa máquina vai fazer um pedido ao nosso DNS server perguntando qual o IP respectivo do http://www.teste.com; caso o DNS server já estivesse armazenado em cache esta informação responderia de imediato à nossa máquina com o IP desejado.

Por motivos óbvios vamos considerar que isto não acontece e que o DNS server vai perguntar ao root DNS server pelo IP desejado, por sua vez o root DNS server não sabe o IP desejado mas sabe o IP do TLD(Top Level Domain) responsável pelos dominios .com. O nosso DNS server vai agora questionar o TLD pelo IP desejado, o TLD vai responder com o IP do DNS server responsável pelo http://www.teste.com; de seguida o nosso DNS server questiona o DNS server responsável pelo http://www.teste.com que responde com o IP desejado, ele é agora enviado para a nossa máquina de modo a ser utilizado para requisitar a página desejada.

English version here.

Anúncios

Alojamento e domínio próprios.

Eu e o meu camarada de idiotices blogação ahm… eu e o Bruno Gomes vá (vulgo Semog), decidimos comprar um domínio próprio e hospedar a página num servidor à parte, sem ter de depender do alojamento do WordPress. 

Será que a nossa multidão de leitores tem alguma sugestão de alojamentos nacionais (ou não) baratos e de qualidade?